ESEC de Itirapina (ESEC)

Información general

Itirapina (ESEC)
Estação Ecológica
Estadual
Proteção Integral
2.300 ()
1984
Instituto Florestal

Município(s) no(s) qual(is) incide a Unidade de Conservação e algumas de suas características

Ciudad Población (IBGE 2007) Población non-urbana (IBGE 2001) Población urbana (IBGE 2001) Departamento Area de la ciudad (ha) Área de la UC em la ciudad (ha) Área de la UC em la ciudad (ha)
Brotas 20996 2759 16127 SP 110.147 1.012 44.15 %
Itirapina 13889 1658 11178 SP 56.426 1.280 55.85 %

Pressões e ameaças

O desmatamento, as queimadas e a mineração industrial, são algumas das pressões que mais ameaçam as Unidades de Conservação. Veja abaixo dados atualizados sobre essas pressões nesta UC; para uma visualização comparativa entre as UCs mais desmatadas na Amazônia Legal, acesse o ranking dinâmico.

Para detalhes sobre a obtenção dos dados, acesse nossa nota técnica.


Características

Características

A área possui significativa amostra de remanescentes da vegetação do cerrado do domínio do Estado de SP, numa área de 2300ha, localizada na Estação Experimental de itirapina. Essa área apresenta ainda uma importante rede fluvial que abastece a Represa do Lobo.

Observaciones

Fonte: Obs:


Physical Aspects

Sobreposições com outras Unidades de Conservação ou Terras Indígenas

Não pertinente.

Biomas

Bioma % en la UC
Cerrado 100.00

Fitofisionomias

Tipo de vegetación (con exclusión de las masas de agua) % en la UC
Savana 100.00

Cuenca hidrográfica

Cuenca % en la UC
Tiete 100.00
Presión / amenaza
Inserção de espécies exóticas

Contactos

Responsável Denise Zanchetta
Endereço Rua 8, s/n°
Bairro Bairro Santa Cruz - Itirapina CEP 13530-970
Telefone (19) 3575-1345
Telefone (19) 3375-3326
Fax 5575-1345

E-mail alltecnicos@uol.com.br


Juridical Documents

Tipo de documento Numero Acción Fecha del documento Fecha de publicaciónsort icon Observación Documento na íntegra
Decreto 28239/57
Decreto 22.335 Criação 07/06/1984 O Governador Franco Montoro cria a Estação Ecológica de Itirapina, em terras do domínio da Fazenda Pública do Estado, com a finalidade de asegurar a integridade dos ecossitemas e conjunto fluvial ali existentes e de proteger sua flora e fauna, bem como promover sua utilização para objetivos educacionais e científicos.


comments powered by Disqus